Boletim “Pescado em Análise”: Reação do campo 23/03
Comercialização

Boletim “Pescado em Análise”: Reação do campo 23/03

Confinamento e decretos municipais e estaduais de quarentena nos negócios abrem espaço a uma reação coordenada de diversas entidades

23 de março de 2020

arroba publicidade
O Boletim “Pescado em Análise”: Reação do campo desta segunda-feira (23), mostra como o confinamento forçado da população e os decretos municipais e estaduais de quarentena nos negócios abrem espaço a uma reação coordenada de diversas entidades do agronegócio e da indústria de alimentos em prol da manutenção destas atividades - e subsegmentos auxiliares dos setores primário e secundário da economia. 
 
No pescado, as indústrias solicitam manutenção da atividade de inspeção de produtos de origem animal, enquanto os produtores querem isenção de PIS/Cofins - como já ocorre em suínos e aves - e dispensa de licenciamento para acesso a crédito.
 
Leia aqui o Boletim “Pescado em Análise”: Reação do campo 23/03/2020. 
 
Macroeconomia
O governo federal publicou, em edição extra do Diário Oficial da União na noite de ontem, uma medida provisória que autoriza a suspensão de contratos de trabalho e o pagamento de salários em até quatro meses.
 
Mercado
Após o Senado dos Estados Unidos não ter aprovado o pacote de socorro de US$ 2 trilhões destinados a amenizar os efeitos da pandemia do coronavírus, em votação no domingo, as bolsas voltam a operar em baixa nesta segunda-feira, no mundo todo.
 
Aquicultura
Os preços do camarão vannamei na porta das fazendas indianas despencaram na última semana, de acordo com o Undercurrent News, por conta do pânico generalizado dos produtores com a quebra dos mercados. 
 
No Brasil, os impactos já chegaram ao centro-oeste.
 
Pesca
A Comissão Europeia, anunciou um pacote de apoio ao setores pesqueiro e aquícola europeus. Mas, no Brasil, nenhum pacote de ajuda
específico ao segmento foi anunciado até o momento. 
 
Indústria
Indústrias com maior capacidade de estocagem e mix variado de produtos e clientes devem enfrentar a crise em melhores condições. 
 
Varejo
Pelo menos outros 1.000 postos de trabalho estão suspensos temporariamente. 
 
Food Service
Com a queda no movimento dos bares e restaurantes, os serviços de entrega registram aumento expressivo da demanda no mundo todo.
 
Institucional
A interlocução das cadeias produtivas de produtos de origem animal com o governo aumentou muito desde meados da semana com as quarentenas adotadas nos Estados e municípios, como reflexo dos temores de desabastecimento e “insegurança alimentar”.
 
 
Créditos da imagem: Pixabay

 
BaresSP publicidade 980x90 bares
 

Notícias do Pescado

 

 

 
SeafoodBrasil 2019(c) todos os direitos reservados. Desenvolvido por BR3