Anutec Brazil em Curitiba apresentou avanços no processamento de alimentos

Anutec Brazil em Curitiba apresentou avanços no processamento de alimentos

Tecnologia para indústria 4.0 foi um dos destaques da feira, realizada em Curitiba nesta semana

17 de agosto de 2018

arroba publicidade
A busca dos frigoríficos pela redução de custos, melhora da produtividade e maior variedade de produtos com preços menor e maior qualidade pautou a 3ª edição da Anutec Brazil, realizada em Curitiba (PR) entre 7 e 9 de agosto. A feira trouxe diversas tecnologias para conectar a cadeia produtiva nos conceitos da Indústria 4.0.

Foram 2.912 visitantes do Brasil e países como Paraguai, Dinamarca, Venezuela, Chile, Estados Unidos, Holanda, Peru, Colômbia, México, Alemanha, Uruguai, Nicarágua, que acompanharam o esforço da organização em unir as tecnologias de processamento de todas as proteínas animais, incluindo pescado.

A intenção ficou clara logo na abertura do Congresso sobre Desafios e Inovações Tecnológicas da Indústria de Carnes no Brasil, organizado em parceria com o Instituto de Tecnologia de Alimentos (Ital). De acordo com os participantes do painel inaugural, a discussão foi importante para alinhar a expectativa da indústria com a do consumidor. “O consumidor é quem pauta o que nós produzimos, é de acordo com o que ele aprova ou não é que a indústria trabalha”, disse o consultor em proteína animal Celso Ricardo.

Além do debate, o espaço de exposição contou com empresas com forte atuação no segmento de peixes e frutos do mar no Brasil e no exterior, como Marel, Bettcher, Multivac e Ulma. As companhias apresentaram soluções em mecanização de processos e de envase de alimentos, além da otimização do uso das proteínas.

Outras empresas se destacaram pela introdução de tecnologias para reduzir o impacto ao meio ambiente. Foi o caso da japonesa Kuraray, que apresentou um plástico para embalagens fabricado a partir do amido de milho, que usa até 85% de materiais renováveis em sua composição e é 100% biodegradável.

O evento teve ainda a Vitrine da Carne, um estande especial em que o consultor em cortes de carne Marcelo Bolinha apresentou alternativas aos cortes de carne bovina tradicionais. Na sequência, o chef de cozinha do restaurante Marinada, Igor Martins, preparava pratos especiais com diversos tipos de carnes.

A feira teve ainda uma rodada de negócios com frigoríficos compradores, em que os expositores puderam participar de reuniões pré-agendadas para apresentar produtos e fazer negócios. Em outra frente, a Anutec trouxe as principais novidades em embalagens por meio do Workshop de Empacotamento de Proteína Animal e Laticínios, realizado em parceria com o Instituto de Embalagens. A próxima Anutec Brazil já foi programada para 11 a 13 de agosto de 2020.

Confira tudo sobre a indústria 4.0 e o impacto destes conceitos nos frigoríficos de pescado na edição #26 da Seafood Brasil, com circulação prevista para a primeira quinzena de outubro.

Anutec Brazil, Curitiba, frigoríficos, Koelnmesse, processamento alimentos

 
BaresSP publicidade 980x90 bares
 

Notícias do Pescado

 

 

 
SeafoodBrasil 2019(c) todos os direitos reservados. Desenvolvido por BR3