Aquicultura e pesca seguem com acesso ao coronavaucher, diz SAP
Institucional

Aquicultura e pesca seguem com acesso ao coronavaucher, diz SAP

Presidente Bolsonaro vetou à inserção das categorias de aquicultura e pesca (entre outras) na ampliação do benefício

18 de maio de 2020

arroba publicidade

A Secretaria de Aquicultura e Pesca (SAP/Mapa) nega que o veto do presidente Jair Bolsonaro à inserção das categorias de aquicultura e pesca (entre outras) na ampliação dos beneficiados pelo coronavoucher impedirá o acesso ao auxílio de R$ 600. Veículos como a Globo Rural e o Canal Rural divulgaram a informação sobre o veto na sexta-feira (15/05).

A notícia gerou reação de deputados, inclusive do presidente da Frente Parlamentar da Agropecuária (FPA), o deputado Alceu Moreira (MDB-RS). “A sanção da ampliação do auxílio emergencial de R$ 600 é muito bem-vinda, principalmente às mães solteiras. Contudo, lamentamos o veto da extensão do auxílio aos agricultores familiares e pescadores brasileiros. Seguiremos lutando pela aguerrida categoria”, publicou no Twitter.
 
O veto do presidente ainda será apreciado no Congresso. De acordo com Jorge Seif Jr., entre 2 e 3 milhões de aquicultores e pescadores já teriam acessado o recurso e os demais seguem com o mesmo direito. “O veto presidencial não exclui os efeitos da normativa da Cidadania [ministério] sobre o coronavoucher. Os pescadores já estão acessando o coronavoucher e esta ampliação, no nosso caso, não seria desnecessária.”
 
Ele reconhece não ter sido consultado pelo veto, mas considera ainda que as críticas como “oportunismo de quem deseja falar mal do governo”.  A argumentação da Presidência da República para o veto fala em ofensa ao princípio da isonomia e aumento da despesa obrigatória do governo sem a correspondente indicação da origem dos recursos.
 
Conforme Seif Jr. "uma coisa não anula a outra", e o coronavoucher segue em pleno funcionamento e acesso da categoria. Ele ainda reforçou que quando a lei foi votada, a SAP emitiu nota técnica e parecer favorável à medidade de inclusão.
 
 
Crédito da imagem: Pixabay
 

 

 

Conforme Seif Jr. "uma coisa não anula a outra", e o coronavoucher segue em pleno funcionamento e  acesso da categoria.


 

 






aquicultura, coronavoucher, Jair Bolsonaro, Jorge Seif Jr, pesca, SAP

 
BaresSP publicidade 980x90 bares
 

Notícias do Pescado

 

 

 
SeafoodBrasil 2019(c) todos os direitos reservados. Desenvolvido por BR3