Aquicultura tem impacto positivo nas comunidades, segundo a FAO

Aquicultura tem impacto positivo nas comunidades, segundo a FAO

20 de fevereiro de 2014

arroba publicidade
Crédito da imagem: IvanWalsh.com

A fim de resolver os problemas de governança causados ??pelo rápido crescimento da indústria da aquicultura, especialmente para espécies como o salmão do Atlântico, a FAO (Fisheries and Aquaculture Departament) publicou um novo documento técnico.

O relatório aborda a insegurança alimentar e a promoção da aquicultura sustentável. A pesquisa foi feita com as explorações aquícolas e jurisdições da África, das Américas,  Ásia e Europa, onde a informação sobre as características de emprego , tais como a formação educacional e remuneração foram recolhidas.

As conclusões do estudo sugerem que, em geral, a força de trabalho se beneficiou da aquicultura. Os níveis de remuneração em todos os empreendimentos pesquisados ??estavam acima do salário mínimo, além de prover uma boa cobertura médica e pensões.

De acordo com o estudo, as comunidades locais também se beneficiam com as vantagens do desenvolvimento de explorações aquícolas, isso está ajudando a reduzir as taxas de pobreza, isolamento e analfabetismo dos locais.

aquicultura, FAO, ONU

 
BaresSP publicidade 980x90 bares
 

Notícias do Pescado

 

 

 
SeafoodBrasil 2019(c) todos os direitos reservados. Desenvolvido por BR3