Boletim Pescado em Análise: E agora? 13/04
Comercialização

Boletim Pescado em Análise: E agora? 13/04

Cenário aponta para uma ressaca pós-Páscoa bem mais acentuada que em anos anteriores

13 de abril de 2020

arroba publicidade
A Semana Santa 2020 apurou manutenção de vendas em congelados e teve picos pontuais em produtos frescos, como tilápia. O  desabastecimento ficou visível em várias cidades, já que o varejo não acreditava em boas vendas e não comprou além do que achava que poderia vender. O cenário aponta para uma ressaca pós-Páscoa bem mais acentuada que em anos anteriores.
 
Na macroeconomia, as notícias ruins vêm do Banco Mundial, que divulgou ontem o relatório “A Economia nos Tempos da COVID-19”. O documento prevê encolhimento da economia brasileira em 5% neste ano. Para toda a região da América Latina e Caribe, a retração esperada é de 4,6%. Um alento para 2021 e além: crescimento de 1,5% do PIB brasileiro no ano que vem e de 2,3%, em 2022
 
 
Leia aqui o Boletim Pescado em Análise: E agora? 13/04
 
Economia
PIB brasileiro se recupera só em 2022, diz Banco Mundial.
 
Covid-19
Mundo ultrapassa a marca de 400 mil pessoas curadas desde o início da doença.
 
Mercado
Opep corta produção de petróleo em 10% da oferta global.
 
Aquicultura
Faltou tilápia na Semana Santa.
 
Pesca
IN amplia escopo de espécies na pesca de cerco da sardinha.
 
Indústria
Abipesca estima queda de 20% na Páscoa 2020.
 
Varejo
Pescado sobe mais que outras proteínas no trimestre.
 
Food service
Classe A quer experimentar pescado no isolamento.
 
Créditos da imagem: Wikimedia

Boletim “Pescado em análise”, Coronavírus, Covid-19, mercado de pescado, pandemia, Páscoa, Semana Santa

 
BaresSP publicidade 980x90 bares
 

Notícias do Pescado

 

 

 
SeafoodBrasil 2019(c) todos os direitos reservados. Desenvolvido por BR3