Brasil se aproxima da meta da OMS de consumo de peixe por ano

Brasil se aproxima da meta da OMS de consumo de peixe por ano

24 de outubro de 2013

arroba publicidade

Crédito da imagem: News Oresund


Os brasileiros estão comendo muito mais peixes. Segundo uma nova pesquisa do Ministério da Pesca e Aquicultura (MPA), a média por habitante ano no País alcançou 11,17 quilos em 2011; 14,5% a mais do que o ano anterior. Em dois anos (2010 e 2011), o crescimento da demanda por peixes e frutos do mar aumentou em média 23,7%. O Real forte ajudou no crescimento do consumo.


Isso significa que, atualmente, os brasileiros estão perto da média de consumo de peixe recomendada pela Organização Mundial da Saúde (OMS): 12 quilos por pessoa por ano.

De acordo com Eloy de Souza Araújo, o secretário de Infraestrutura e Fomento do MPA , este aumento do consumo também é observada em outras partes do mundo: “Nos últimos anos a condição de vida dos brasileiros melhorou, a moeda nacional se recuperou e o poder de compra cresceu. Concomitante a isso, a população busca consumir alimentos mais saudáveis??, e "o peixe vem sendo uma excelente escolha", disse o secretário em comunicado.

Aceleração da economia


 E nesta semana ficou ainda mais comprovada a retomada do crescimento da economia nacional. O Real foi a moeda que mais se valorizou com relação ao dólar desde o final de agosto, subindo cerca de 12%, como anunciou o Banco Central.

O secretário ressaltou que em 2011 a produção de peixes em cativeiro no Brasil somou 628.700 toneladas, 31,1% mais ante o ano anterior. E a produção total de pescado chegou a 1,43 milhão de toneladas, das quais 42 mil foram exportados.

 

Novos investimentos na criação de peixe em cativeiro

[caption id="attachment_4318" align="alignright" width="384"]Crédito da imagem: IvanWalsh.com Crédito da imagem: IvanWalsh.com[/caption]

Enquanto isso, o país importou 37% de tudo o que consome desta proteína animal. Todavia, o consumo interno acelerou. E para suprir esse aumento, o governo está incentivando a criação de peixes em cativeiro para dar suporte ao crescimento do apetite dos brasileiros por pescados, o que também confirma a reportagem da editoria de agronegócio do Uol. A premissa também é diminuir o peso da importação desse tipo de alimento na balança comercial.


Para atingir este objetivo, a Secretaria de Planejamento e Gestão da Aquicultura do MPA passou mais de 700 hectares de áreas sob o domínio da União para produzir cerca de 200 mil toneladas de peixe, ostras e mexilhões por ano.

Essas áreas estão localizadas em reservatórios de hidrelétricas e ambientes marinhos nos Estados de São Paulo, Tocantins, Pernambuco, Goiás, Mato Grosso, Mato Grosso do Sul, Bahia, Paraná e Rio de Janeiro.

 

Banco Central, consumo, economia, meta, moeda, MPA, peixe, pescados, real

 
BaresSP publicidade 980x90 bares
 

Notícias do Pescado

 

 

 
SeafoodBrasil 2019(c) todos os direitos reservados. Desenvolvido por BR3