Covid-19 X  Comércio exterior de pescado no 1º semestre  - Parte 1
Indústria

Covid-19 X Comércio exterior de pescado no 1º semestre - Parte 1

Primeira parte da análise sobre o impacto da pandemia na atividade internacional

Wilson Santos - 11 de agosto de 2020

arroba publicidade
Primeira parte da análise sobre o impacto da pandemia no comércio exterior de pescado no 1º semestre de 2020, com base nos dados revelados pelo Comex Stat.
 
 
O pescado importado tem uma importante participação no consumo interno e uma queda tão significativa neste segmento vai impactar no consumo per capita anual de pescado no Brasil. Para um consumo projetado em 2019 de 9,80 kg per capita ano, poderemos ter uma redução para cerca de 9,20 em 2020. 
 
Com relação ao impacto cambial, o 1° semestre de 2020 fechou com uma desvalorização de 36%, saindo de uma taxa de 4,02 R$/U$ no início do ano e fechando com 5,47 R$/U$ em 30/06/2020. O 1° trimestre foi responsável por 29% da desvalorização ocorrida no semestre.  
 
 
Análise geral por Países
 
Observa-se uma generalização da queda nas importações que afetou todos os grandes exportadores. O impacto foi menor na China e Portugal.   
 
Base de Análise – Comex Stat – Comércio Exterior: NCM Cap. 03, Cap1604 e Cap1605
 
Com relação as exportações, observa-se ganhos com envio de produtos para China e Hong Kong, mas também há quedas mais pronunciadas para países da América do Sul, que sofreram com o impacto de produtos na cadeia de atum.
   
 
 
 
 
 
Créditos da imagem: Pixabay
 
 
 
 

Comex Stat, comércio exterior de pescado, Covid-19, exportação, importação, pandemia

Sobre Wilson Santos
 
  • Engenheiro Industrial Químico e Diretor Industrial da Coqueiro- Quaker por 25 anos. Atualmente na área de consultoria com empresa WS Consultoria. wsconsul58@gmail.com
 
BaresSP publicidade 980x90 bares
 

Notícias do Pescado

 

 

 
SeafoodBrasil 2019(c) todos os direitos reservados. Desenvolvido por BR3