Embalagens de pescado seguem evoluindo no Brasil
Indústria

Embalagens de pescado seguem evoluindo no Brasil

Para atender as demandas dos consumidores, a indústria de pescado reinventa suas embalagens

Assunta Napolitano Camilo - 13 de junho de 2019

arroba publicidade
Entender o que o consumidor quer é muito importante. É o que baliza as decisões de produto e da sua apresentação, portanto a sua embalagem. A partir desta decisão, devemos buscar a tecnologia para atender. Entender para atender é fundamental para o sucesso.
 
É importante lembrar que “caber” no bolso deles é igualmente relevante.  Muitas vezes, a aspiração do consumidor está além da sua realidade econômica. Nesses casos, a tecnologia pode ajudar e muito a encontrar uma solução de embalagem inovadora e competitiva para oferecer uma proposta adequada aos consumidores.
 
Um recente relatório da Kantar TNS, apresentado durante a SIAL 2018, revelou que, no mundo todo, 64% dos consumidores têm prestado mais atenção nos produtos que compram, enquanto 92% querem mais transparência no que comem. Esses dados mostram que há uma enorme oportunidade para se restaurar o elo entre consumidor e produto!
 
Cresce o valor pela autenticidade e pelo sabor a tal ponto que 66% dos consumidores estão mais atentos para escolher seus produtos, associando alimento a prazer. Muitos buscam ter em casa a mesma experiência gastronômica que têm nos restaurantes. Para isso, embalagens com barreiras corretas são fundamentais. 
 
Os cinco grandes temas, preocupações ou demandas dos consumidores, estejam eles onde estiverem são:
 
Conveniência;
Estilo (diferenciação);
Saúde;
Segurança;  
Futuro do planeta e sua sustentabilidade, ética.
 
Quando mencionamos “conveniência”, queremos dizer que a indústria de produtos de consumo precisa entregar praticidade aos consumidores, por exemplo:
 
Embalagem abre e fecha quando for o caso; 
Embalagem que pode ser utilizada como utensílio, dispensando outros objetos (como as de pratos prontos); 
Embalagem com zíper para fechar, abertura indicada e fácil; 
Embalagem com transparência para facilitar a identificação; 
Embalagem que vai ao freezer e ao micro-ondas, entre outras possibilidades.
 
 
Notamos que muitas empresas procuram atender as novas necessidades dos consumidores, como por exemplo, entregar produtos prontos.
A Netuno apostou numa embalagem termoformada, na cor azul, com atmosfera modificada, que garante o peixe fresco por mais tempo. Essa informação ganhou destaque na tampa para chamar a atenção dos consumidores no ponto de venda. Com esta tecnologia o shelf-life (vida de prateleira) é estendido. A bandeja termoformada na cor azul segue a identidade visual da marca.  
 
Ainda para melhorar a experiência do consumidor no momento da compra, a marca adotou uma embalagem com área transparente, que permite a visualização do produto. A data de validade está estampada na frente da embalagem, na cor preta, para garantir transparência de informação.
 
A Taeq tem uma linha ampla de produtos. Por exemplo, porções adequadas em cortes especiais, como fatias de salmão para o preparo de rolinhos ou carpaccio. O produto é vendido congelado, porém como se trata de porções pequenas, este processo de descongelamento é rápido. A embalagem, bastante simples, permite a abertura fácil. 
 
Uma chapa plástica de maior espessura garante maior rigidez à embalagem, assim, mantém as fatias íntegras. A impressão é de boa qualidade, com uma foto que ilustra uma aplicação do produto, o que sempre atrai o consumidor.  Na parte frontal, a janela transparente é suficiente para a visualização do conteúdo.
 
O verso traz informações claras, com tabelas nutricionais, modo de conservação e preparo, além de utilizar corretamente a rotulagem ambiental, o que engaja mais consumidores para o consumo consciente.
 
Os tentáculos de polvo, da Bom Peixe, são apresentados numa bandeja termoformada a vácuo, que mantém o produto sem líquido, com excelente apresentação. A bandeja preta e o filme frontal transparente destacam o produto na gôndola da categoria. A identificação é feita por um rótulo lateral, que traz ainda uma sugestão de preparo apetitosa. 
 
Estas e outras novidades encontradas nos supermercados brasileiros mostram que os donos de marcas entenderam o caminho e que: EMBALAGEM MELHOR. MUNDO MELHOR.

embalagens, pescados, Bom Peixe, Taeq, Netuno, Assunta Napolitano Camilo

Sobre Assunta Napolitano Camilo
 
  • Diretora da Consultoria de Embalagens FuturePack, do Instituto de Embalagens e a da Coleção de livros: Embalagem Melhor. Mundo Melhor. assunta@institutodeembalagens.com.br
 
BaresSP publicidade 980x90 bares
 

Notícias do Pescado

 

 

 
SeafoodBrasil 2019(c) todos os direitos reservados. Desenvolvido por BR3