Embrapa aposta em desenvolvimento de tambaqui do Amapá

Embrapa aposta em desenvolvimento de tambaqui do Amapá

31 de outubro de 2014

arroba publicidade

Crédito da imagem: Bytemarks


Projeto implantado pela Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária (Embrapa) pretende desenvolver a criação de pescado tanques-rede, no Amapá. O projeto é focado no cultivo de tambaqui.


Segundo pesquisadores, o método vai reduzir o tempo de crescimento das espécies e é mais econômica, pois dispensa a escavação e bombeamento de água, necessárias nos tanques cavados. A forma de cultivo será mantida no Amapá como experimento prático até 2017.


“As redes podem ser instaladas em rios, lagos e barragens sem risco algum para a criação. O custo-benefício de produção também é menor, pois, dependendo do tanque-rede você pode pagar entre R$ 1,5 mil e R$ 2 mil e está tudo pronto, enquanto nos tanques cavados o produtor tem o trabalho de abrir o buraco e transportar a água”, explicou o pesquisador da Embrapa Marcos Tavares, um dos desenvolvedores do projeto, em entrevista ao Globo.com. 


A Embrapa diz que um tambaqui criado em tanque cavado durante dez meses terá em torno de 1,2 quilo, e compara dizendo que a mesma espécie criada nos tanque-rede atinge geralmente 1,5 a 2 quilos. A nova forma de produção é um pedido antigo dos piscicultores, que alegam a pouca disponibilidade no estado de equipamentos para produção de peixes em larga escala e a falta de incentivo.

amapá, aquicultura, Embrapa, tambaqui, tanques-rede

 
BaresSP publicidade 980x90 bares
 

Notícias do Pescado

 

 

 
SeafoodBrasil 2019(c) todos os direitos reservados. Desenvolvido por BR3