Enlatados perdem a preferência para embalagens mais fáceis de abrir

Enlatados perdem a preferência para embalagens mais fáceis de abrir

14 de outubro de 2014

arroba publicidade

Crédito da imagem: Javier Lastras


Uma nova pesquisa realizada pela Canadean conclui que 22% dos consumidores britânicos consideram enlatados difíceis de abrir, por isso os fabricantes cada vez mais adotam embalagens de fácil manuseio, como bolsas para legumes, sopas, carnes e peixes.


Já os jovens adultos são os mais frustrados quando se trata de abrir sua conservas de atum: 28% dos que participaram do estudo, de 25 a 34 anos, acham que comida enlatada é difícil de abrir, em comparação com 16% com mais de 55 anos.

Ronan Stafford, analista sênior da Canadean disse em comunicado que "os consumidores querem conveniência imediata, particularmente os jovens adultos, que procuram uma solução rápida para o almoço ou jantar. Os jovens consumidores simplesmente não querem o incômodo de encontrar um abridor de lata ou lutar com a tração do anel”.

O pescado é uma categoria onde a demanda por embalagens fáceis de abrir irá conduzir uma mudança das latas de alimentos para embalagens como bolsas plásticas. A demanda por embalagens práticas neste mercado crescerá de 8,7 milhões de embalagens em 2013, para 15,1 milhões em 2018, comenta Stafford. "A oferta  de um formato de pacote mais conveniente pode revitalizar as venda de alimentos entre consumidores jovens. Marcas como Heinz e John West abriram o caminho no desenvolvimento de novos formatos de embalagens para alimentos enlatados, os outros vão rapidamente seguir, analisa.

Canadean, conservas, embalagens, enlatados, pesquisa

 
BaresSP publicidade 980x90 bares
 

Notícias do Pescado

 

 

 
SeafoodBrasil 2019(c) todos os direitos reservados. Desenvolvido por BR3