Geneseas se une à Dell Mare para fortalecer portfólio e ser uma das líderes do varejo e food service

Geneseas se une à Dell Mare para fortalecer portfólio e ser uma das líderes do varejo e food service

Marcas serão mantidas, com ampliação do portfólio de produtos, e matriz ficará sediada na capital paulista

18 de novembro de 2016

arroba publicidade
Quanto valem 2500 clientes, 240 SKUs (produtos e suas variações) e uma boa reputação no mercado? Sem revelar a cifra desses atributos, a holding Geneseas confirmou nesta sexta-feira (18/11) a afusão com a Dell Mare, empresa sediada em São Bernardo do Campo (SP) e fundada em janeiro de 2013 pelos irmãos Fabrício e Felipe Ribeiro.

O negócio tem o objetivo de transformar a Geneseas em uma das líderes nacionais na comercialização de pescado. Com boa capilaridade no food service nacional, a companhia assume deficiências no varejo, que agora devem ser compensadas com os canais de distribuição desenvolvidos pela Dell Mare. “A Geneseas tem muita força no food service com tilápia e salmão e a Dell Mare tem uma força muito grande no varejo. A empresa cresceu muito rápido em três anos de existência e o relacionamento com os principais clientes é muito bem visto no mercado”, avalia Breno Davis, CEO da Geneseas, em entrevista exclusiva à Seafood Brasil.

[caption id="attachment_8719" align="alignleft" width="659"]Fabrício Ribeiro (esq.), da Dell Mare, e Breno Davis, da Geneseas: transação foi discutida por 10 meses Fabrício Ribeiro (esq.), da Dell Mare, e Breno Davis, da Geneseas: transação foi discutida por 10 meses[/caption]

Tanto Fabrício quanto Felipe e os 60 funcionários da empresa seguem na nova empresa, que definiu a Dell Mare como uma marca de seu portfólio. O grupo agora possui 600 funcionários, um volume de processamento de 12 mil toneladas de tilápia anuais no frigorífico de Aparecida do Taboado (MS), 3 mil toneladas de camarão vannamei por ano (entre produção própria - 10% - e terceirizada na região da Costa Negra, no Ceará), além do processamento de outros produtos feito em parceria com terceiros.

A tilápia, que também era ofertada pela Dell Mare, segue como carro-chefe do negócio. Segundo a empresa, deve representar cerca de 60% da oferta de produtos, enquanto o camarão responderá por 25%. O restante se divide entre salmão, kani-kama, lula, mix de produtos como kit paella e outros produtos que devem ser adicionados nos próximos meses.

A transação começou a ser planejada há cerca de 10 meses, quando a própria Dell Mare estava em um processo de valorização de sua marca como uma fornecedora de múltiplas soluções em pescado. “Este movimento é uma realização de dois sonhos. Um, da Geneseas, de crescimento e agregação de produtos ao portfólio para ser uma dos líderes do setor. E do lado da Dell Mare, tornar-se uma das maiores empresas de pescado do Brasil, não necessariamente através de fusões ou aquisições”, sublinha Davis.

De acordo com Fabricio Ribeiro, agora diretor de relacionamento com as redes varejistas, o “namoro” começou a ganhar mais contornos com a entrada do fundo Aqua Capital na Geneseas em 2015. “Conhecíamos a Geneseas e o Tito [Lívio Capobianco, fundador e atual membro do Conselho Administrativo] fazia tempo. Com a entrada do Aqua Capital, vimos que ganharam em volume, escala e os resultados técnicos melhoraram muito.” Para ele, era o momento de a Dell Mare dar um salto e adotar uma gestão mais profissionalizada.

Em comunicado, o próprio Capobianco diz que a transação é o primeiro movimento de consolidação em um mercado muito pulverizado. “Por ter um volume de consumo muito alto, o camarão sempre esteve em nosso radar para as oportunidades de expansão. Temos relacionamento com a DellMare há bastante tempo, mas somente no ultimo ano decidimos iniciar as discussões para esta união”, explica.

No momento, ambas as empresas seguem com suas estruturas físicas separadas, mas um grupo de trabalho estuda de que forma deve ocorrer a integração. Davis sinaliza, no entanto, que nenhuma demissão deverá ser efetivada. “A Dell Mare é uma empresa completa, com estrutura, muito bem organizada do ponto de vista administrativo. Vamos manter todos os funcionários e ainda iremos contratar mais”, promete.

O executivo projeta a manutenção dos planos de crescimento de ambas as empresas, agora unidas na holding Geneseas. “Vamos potencializar o crescimento que as duas empresas possuíam. As duas cresciam 40% ao ano nos últimos 3 anos e têm potencial para seguir nesta tendência”, vislumbra.

Aparecida do Taboado, camarão, Dell Mare, frigorífico de pescado, Geneseas, tilápia

 
BaresSP publicidade 980x90 bares
 

Notícias do Pescado

 

 

 
SeafoodBrasil 2019(c) todos os direitos reservados. Desenvolvido por BR3