Jantar em Brasília lança Frente Parlamentar em Defesa do Pescado
Institucional

Jantar em Brasília lança Frente Parlamentar em Defesa do Pescado

Encontro contou a presença de diversos parlamentares e representantes das entidades do setor

05 de junho de 2019

arroba publicidade
A Frente Parlamentar em Defesa do Pescado foi lançada oficialmente na última terça-feira (4), em Brasília. O jantar contou a presença de diversos parlamentares e representantes das entidades do setor. A ministra da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (Mapa), Tereza Cristina, e o secretário da Secretaria de Aquicultura e Pesca, Jorge Seif Jr., foram alguns dos políticos que prestigiaram o evento.
 
O presidente da Frente Parlamentar é o deputado Luiz Nishimori (PL-PR), que também está à frente da recém-criada Subcomissão Comissão Permanente do Pescado. O parlamentar é o entrevistado na seção Cinco Perguntas da edição #29 da Seafood Brasil, que circula na segunda quinzena de junho.
 
Em discurso direcionado aos presentes e, em especial, para Tereza Cristina, o deputado frisou que o Brasil precisa melhorar a participação no mercado mundial de pescado. “Com mais de oito mil quilômetros de costa e possuindo 12% de toda a água doce disponível no mundo, o Brasil tem recursos abundantes tanto para a pesca quanto para a produção de peixe".
 
 
 
Nishimori disse que pretende equiparar o desenvolvimento do pescado às demais áreas do agronegócio. "Importamos quase 60% de todo o peixe consumido no País. Vamos elevar a nossa pesca e aquicultura, assim como fizemos com a nossa agricultura que, há 40 anos, era mera importadora. Nosso sonho é que a pesca e aquicultura cheguem perto deste patamar."
 
Ele garantiu que a Frente vem para debater os novos rumos do País e "será um amplo espaço de diálogo para colaborar com o crescimento e desenvolvimento do setor." Nishimori afirmou ter indicado mais de 20 parlamentares para compor diretoria, coordenação e vice-presidência. Assegurou ainda que o setor pode gerar mais renda e empregos para a população, mas para isso é preciso políticas públicas eficientes e incentivos. “Ainda há muita burocratização e morosidade nos processos de fiscalização e liberação para produção, abate e venda do pescado”.
 
Alceu Moreira, presidente da Frente Parlamentar da Agropecuária (FPA) que também integra a frente do pescado, disse que procurará criar uma harmonização do processo legislativo, criando um instrumento legal que represente uma política institucional. "Precisamos criar, com a ajuda do Ministério da Agricultura, uma política nacional de pesca."
 
A deputada federal Mara Rocha (PSDB/AC) ficou com o cargo de Secretária Geral da Frente Parlamentar em Defesa do Pescado. “A pesca merece lugar de destaque na economia, sendo importante na geração de emprego e renda, principalmente na região norte do Brasil”, comentou ao portal O Rio Branco.
 
O potencial do crescimento do pescado brasileiro  também foi reforçado no discurso da ministra:  “A pesca ficou relegada a quinto plano nos últimos tempos. Tenho muita satisfação de ela ter voltado ao Mapa, de onde ele nunca deveria ter saído. Vamos colocar a pesca onde ela merece, vamos tratar dos pescadores artesanais, dos profissionais, da pesca em mar. E também vamos tratar da aquicultura, que é um segmento importantíssimo que tem muito a crescer no Brasil”, ressaltou.
 
Tereza Cristina confirmou no evento que o Plano Safra irá contemplar a atividade de Aquicultura e Pesca, informação que Jorge Seif Jr. já havia antecipado à Seafood Brasil. "Essa atividade tão importante será privilegiada em nosso Ministério. Pude dar essa boa notícia ao setor no lançamento da Frente Parlamentar em Defesa do Pescado juntamente com o nosso Secretário de Pesca e Aquicultura”, disse a ministra em publicação no Instagram.
 
Ela aproveitou o post para fortalecer a liderança de Nishimori e agradecer a homenagem recebida. “Tenho certeza que a Frente, presidida pelo dep. Luiz Nishimori servirá de fórum para grandes debates que nós temos de enfrentar para desenhar uma política nacional do setor.”

 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 

🐟 Novidade: o Plano Safra irá contemplar a atividade de Aquicultura e Pesca. Essa atividade tão importante será privilegiada em nosso Ministério. . . 👉 Pude dar essa boa notícia ao setor no Lançamento da Frente Parlamentar em Defesa do Pescado juntamente com o nosso Secretário de Pesca e Aquicultura @jorgeseifjunior . . ✅ Tenho certeza que a Frente, presidida pelo dep. Luiz Nishimori servirá de fórum para grandes debates que nós temos que enfrentar para desenhar uma política nacional do setor. . . Agradeço a homenagem recebida pelas entidades. Muito Obrigada! #aquicultura #pesca #ministraTerezaCristina #agro #agropecuaria

Uma publicação compartilhada por Tereza Cristina (@terezacristinams) em

 
 
Seif. Jr, que frisou no discurso o vínculo que possui com a ministra (chamando-a de "Mami Poderosa"), também usou a sua rede social para fazer um repost da ministra, agradecer ao Nishimori e as entidades parceiras como a Confederação da Agricultura e Pecuária do Brasil (CNA), Associação Brasileira das Indústrias de Pescados (Abipesca), Sindicato dos Armadores e das Indústrias de Pesca de Itajaí e Região (Sindipi) e a Associação Brasileira dos Criadores de Camarão (ABCC).
 
Até o fechamento desta nota, as entidades ainda não haviam manifestado a opinião à Seafood Brasil sobre a criação da Frente.

 
 

Notícias do Pescado

 

 

 
SeafoodBrasil 2019(c) todos os direitos reservados. Desenvolvido por BR3