O marketing nas pequenas e médias empresas
Institucional

O marketing nas pequenas e médias empresas

Ele pode ser definido por uma prioridade magna

Jorge Souza - 14 de outubro de 2019

arroba publicidade
A principal grande diferença quando pensamos marketing para pequenas e médias empresas comparativamente às grandes organizações, está na agenda.
 
As prioridades do marketing nas grandes empresas poderiam ser definidas por seguirem uma série de princípios, estando entre os mais importantes:
 
1) Convencer os membros do Conselho de Administração de que as metas estabelecidas são desafiadoras e realistas;
 
2) Agradar aos acionistas.
 
3) Obter premiações em concursos, feiras e simpósios.
 
4) “Vender” o planejamento para comitês de gerentes e diretores, setor financeiro e investidores.
 
5) Criar imagem institucional.
 
6) Gerar lucro.
 
Já o marketing das pequenas e médias empresas pode ser definido por uma prioridade magna, que deve estar muito acima de qualquer outra:
 
1) Gerar lucro (preferencialmente no curto prazo).
 
Portanto, se você for o proprietário ou o marqueteiro de uma pequena ou média empresa, cuidade! Copiar os casos de sucesso das grandes corporações parece ser o caminho natural para o sucesso, mas na realidade, é um erro mortal para o seu negócio.
 
Grandes empresas tem um orçamento de marketing incomparável ao seu! E isso ainda tem um grande impacto, mesmo quando pensamos em Marketing Digital.
 
Ao pensar o marketing da sua empresa tenha em mente, pelo menos, quatro aspectos fundamentais:
 
a) Busque, incessantemente, conhecimento sobre o mercado e os clientes. Vá para a rua, faça entrevistas, pesquise no Google, em sites especializados, nos sites dos concorrentes, em publicações do setor no qual atua.
 
b) Meça o retorno do investimento feito (sempre!). Use cupons, respostas por e-mail, programas disponíveis na internet, ou seja lá o que for. Se não conseguir medir, não faça!
 
c) Evite atuação muito ampla. Domine um nicho… depois o outro… então, o outro… Evite a tentação de fazer tudo ao mesmo tempo. Tenha foco. Concentre sua força! E respeite o limite dos seus recursos.
 
d) Não gaste dinheiro em mídia de massa, imitando as grandes empresas. Ao contrário, use mídia dirigida e do interesse específico do seu público alvo. Sua marca se tornará naturalmente conhecida no caso de seu produto ou serviço ser de ótima qualidade, sua empresa for reconhecida como referência no que faz, e seus clientes falarem bem de você.
 
e) Faça um trabalho de “formiguinha”, permanente, utilizando plataformas convencionais e digitais. Pense em Marketing utilizando ferramentas integradas das plataformas online (marketing digital) e offline (marketing tradicional),  mas sem cometer exageros nem ficar excessivamente ansioso. Entenda, afinal, que está numa “corrida de longa distância” em que o maior valor está na persistência.
 
Pois bem, sabe aquele anúncio na TV aberta com o qual você sempre sonhou? As três ou quatro inserções que a sua verba de marketing vai lhe permitir fazer, com muita sorte, serão assistidas por alguns dos seus amigos e parentes, além de alimentar seu ego. Nada mais!
 
E aquele folheto, então, de página dupla com quatro cores e papel laminado, caríssimo, que você levou para a última feira. Percebeu que, se fizesse um tour pelas lixeiras próxima ao evento, recolheria, pelo menos, a metade dos mesmos? E a outra metade? Com certeza teve destino semelhante somente que um pouco mais longe dos seus olhos.
 
Por outro lado, não se deixe levar pelo paradigma segundo o qual marketing só é aplicável às grandes empresas, sendo, para as pequenas e médias um luxo caro e de retorno duvidoso. Afinal, este é um outro erro igualmente fatal que vai, no mínimo, condená-lo a nunca sair do mesmo lugar.
 
Portanto, planeje e execute com inteligência. Modernize seu modo de olhar para o mercado, acessar seus clientes. Há muitas oportunidades do lado de fora esperando por você.

Jorge Souza, marketing digital

Sobre Jorge Souza
 
  • Engenheiro agrônomo pós-graduado em administração. Presidente da Fiji Negócios
 
BaresSP publicidade 980x90 bares
 

Notícias do Pescado

 

 

 
SeafoodBrasil 2019(c) todos os direitos reservados. Desenvolvido por BR3