Peixe cru reinventa negócios

Peixe cru reinventa negócios

16 de setembro de 2014

arroba publicidade

Crédito da imagem: Steven Depolo


 A culinária japonesa deveria ser mais acessível. Essa é a ideia por trás de dois negócios: a Temakeria Japesca, em Porto Alegre (RS) e a ObentôMania, que se tornou uma franquia.

A Japesca começou com os empresários Gabriel Antonio Mendo da Cunha, seu irmão Roberto Mendo da Cunha e Paulo Henrique Gotter. No entanto, a ideia inicial do comércio de peixes está presente na família desde João Lopes da Cunha, pai de Gabriel e Roberto e criador da indústria de pescado de mesmo nome, na década de 1970, que fica no interior gaúcho. Já nos anos 80, João abriu a Peixaria Japesca no tradicional Mercado Público de Porto Alegre.

Para agregar valor no pescado, a Japesca se tornou uma temakeria, em 2009. A primeira temakeria foi aberta, na banca D do Mercado, onde hoje funciona o Empório e Temakeria Japesca, que vende ingredientes para quem quiser preparar o sushi em casa, como cortes especiais de peixes e as algas.

 “O Mercado já estava associado ao nome Japesca. Além de ter essa característica de regulador de preços. Para competir aqui tem de ter um preço atrativo. Mantivemos isso no negócio. Gostávamos da culinária e conhecíamos a matéria-prima e seu manuseio. Também precisávamos aproveitar um espaço ocioso, sem abrir mão do produto principal, o peixe fresco, principalmente”, conta Gabriel Cunha, em entrevista ao MSN.


ObentôMania leva a marmita para outro nível


Inspirado no período em que viveu no Japão, o advogado paulista Wilson Kano resolveu trazer ao Brasil em 2013 um restaurante que oferecesse o bentô, uma espécie de marmita japonesa, uma inovação pra o país com o foco no pescado. Os amigos que viveram com Kano no Japão se tornaram sócios do negócio.


A ObentôMania já conta com quatro lojas, duas próprias e outras duas franqueadas. Na rede, os empresários servem mais de 200 combinações de pratos, que custam cerca de R$20,00.

“O prazo esperado de retorno do investimento é de 18 meses com faturamento mensal de R$ 60 mil a R$ 80 mil. Em uma loja com metragem a partir de 60 metros quadrados podemos receber até 20 clientes sentados, mas o nosso forte é mesmo o delivery, que representa algo em torno de 80% do faturamento", explica Kano, em entrevista ao Terra.


Os franqueados não precisam se preocupar com a comida em si, afinal, segundo o empresário, toda a preparação dos bentôs é feita na fábrica da rede, localizada na zona sul de São Paulo, no bairro da Saúde.

bentô, food service, franquia, Japesca, marmita, negócios, ObentôMania, peixe cru, pescado, salmão, sushi, temaki

 
BaresSP publicidade 980x90 bares
 

Notícias do Pescado

 

 

 
SeafoodBrasil 2019(c) todos os direitos reservados. Desenvolvido por BR3