>Pernambuco pretende construir Projac do setor de pescado

Pernambuco pretende construir Projac do setor de pescado

Autor - 25 de julho de 2013

Crédito da imagem:James Qualtrough


Pernambuco terá áreas licitadas para a produção de quase cinco mil toneladas de pescado. As áreas aquícolas ficam em reservatórios de usinas hidrelétricas no Estado.


No total, são cinco locais que somam mais de 16 hectares de áreas em corpo d’água de domínio da União, disponíveis para serem licitadas pela modalidade “concorrência/maior lance ou oferta”, de acordo com a Lei 8.666/93. Cada hectare corresponde a 10 mil metros quadrados. Para se ter uma ideia da área que será construída em Pernambuco para a produção de pescado, o tamanho do Projac no Rio de Janeiro (centro de produção e cidade cenográfica da TV Globo), chega a 400 mil metros quadrados; o projeto pernambucano atingirá 160 mil metros quadrados só para os pescados.

 A áreas têm capacidade para produzir quase cinco mil toneladas de pescado por ano e gerar, de forma imediata, mais de 150 empregos diretos e indiretos.


A licitação destas áreas é mais uma medida coordenada pela Secretaria de Planejamento e Ordenamento da Aquicultura (Sepoa) do Ministério da Pesca e Aquicultura com o objetivo de impulsionar a aquicultura em Pernambuco.  A região visa a produção, principalmente, de tilápia e o crescimento e atividade no Estado.

 

(foto: observatoriodorecife.org.br)

. aquícola, área, construção, parque, Pernambuco, pescado, Projac, União

 
 

Notícias do Pescado

 

 

 
SeafoodBrasil 2019(c) todos os direitos reservados. Desenvolvido por BR3