Pesca de salmão do Alasca bate novo recorde

Pesca de salmão do Alasca bate novo recorde

23 de janeiro de 2014

arroba publicidade

Crédito da imagem: Andrew Russell


O Departamento de Caça e Pesca do Alasca (ADF & G) concluiu o relatório preliminar de 2013 para a pesca comercial de salmão e os resultados foram positivos. O mercado foi alimentado por uma safra recorde de salmão rosa de 219 milhões de peixes, a segunda maior da história, a maior aconteceu em 1988. No registro do ano passado foram US$ 691 milhões em vendas gerais de todas as espécies. 


Além de estabelecer um recorde para o salmão rosa, o número total de todos os tipo de salmão também bateu recorde, foram 272 milhões de peixes capturados.


"Nossos gerentes de salmão em todo o estado têm feito um excelente trabalho, assegurando a sustentabilidade das nossas unidades populacionais de salmão e, ao mesmo tempo, otimizando a pesca. Tivemos um ano excepcional”, disse o diretor Jeff Regnart , FDA & G Divisão de Pesca Comercial, em comunicado.

Apesar do número de salmão sockeye pescado durante o ano ter sido menor que o rosa (foram capturados 29 milhões de peixes), o valor de vendas ao mercado foi recordista, atingindo US$ 284 milhões, sustentando sua tradicional posição como uma das espécies mais valiosas de salmão no Alasca. Grande parte vindo da região de Bristol Bay, que geralmente responde pelas maiores pescas de salmão no estado, mas que nesse ano caiu para o terceiro lugar, atrás do sudeste do Alasca e Prince William Sound.

Os valores fornecidos pelo ADF & G são baseados em preços estimados e não incluem bônus pós-temporada ou reajustes de preços, informou um comunicado oficial. O valor final deve sair ainda no ano de 2014.

Alasca, Alaska, pesca, pink salmon, recordes, salmão, sockeye

 
BaresSP publicidade 980x90 bares
 

Notícias do Pescado

 

 

 
SeafoodBrasil 2019(c) todos os direitos reservados. Desenvolvido por BR3