Proteste mostra alta de preços em seu relatório anual

Proteste mostra alta de preços em seu relatório anual

30 de setembro de 2013

arroba publicidade

Crédito da imagem: Yuya Tamai


Os preços de itens de mercado para a população subiram até 19% nos supermercados entre 2012 e 2013, segundo pesquisa anual da Proteste (associação dos consumidores) feita em 21 cidades de 14 Estados do país, foi a maior variação desde 2009, quando foi iniciada essa série. A cidade mais cara foi Florianópolis, Santa Catarina.


Os Estados com o maior aumento nos preços neste ano, comparando com 2012, estão no Nordeste. No Ceará o aumento foi de 19%, o Estado mais barato na Região Nordeste foi Pernambuco, com aumento de 13%.

A Proteste analisa 104 itens entre: mercearia salgada, mercearia doce, alimento perecível, bebida não alccólica, bebida alcoólica, higiene, saúde e beleza, limpeza, hortifruti e bazar. O aumento foi generalizado e isso também afetou o mercado de pescados, com aumento de cerca de 21%.

A variação entre regiões e supermercados foi alta também, alguns itens variaram até 195%, como o biscoito de maisena. Na área de pescados, a maior variação foi de 187% do filé de merluza.

 

alta, merluza, preço, Proteste, relatório

 
BaresSP publicidade 980x90 bares
 

Notícias do Pescado

 

 

 
SeafoodBrasil 2019(c) todos os direitos reservados. Desenvolvido por BR3