Salmón de Chile deve investir mais 2 milhões de dólares no Brasil

Salmón de Chile deve investir mais 2 milhões de dólares no Brasil

04 de junho de 2014

arroba publicidade

Crédito da imagem: Sarah Hicks


A campanha da Salmón de Chile para incentivar o consumo de peixe pelos brasileiros deveria durar até o final de 2013, porém o sucesso foi tão grande que a promoção de consumo foi prorrogada. O Brasil é o terceiro mercado mais importante para o Chile, atrás de Estados Unidos e Japão, e continuará recebendo investimentos, que até agora foram de US$2 milhões na primeira etapa e serão mais de US$2 milhões na segunda etapa.


A empresa afirmou que o processo de construção de marca no país é algo a longo prazo e por isso a campanha terá continuidade. Os resultados já foram bons na primeira etapa e devem ser também durante a segunda fase do projeto, que deve durar até maio de 2015.


“A marca está se posicionando no mercado, depois de dois anos da implementação (2011-2013), ela é lembrada por 18% do público alvo. As exportações para o Brasil têm aumentado de forma consistente nos últimos dois anos, com incremento de 72% em receita e 74% em toneladas.


E a composição das exportações para o Brasil foi se voltando para produtos de valor agregado, que é um dos objetivos da companhia. Este segmento de produto aumentou de 3.374 toneladas para 13.696 toneladas nestes dois anos, e passou de 10% do total das exportações em 2011, para 19% em 2013.


A marca também tem crescido significativamente na penetração dos lares brasileiros - sendo este um dos principais objetivos da empresa. "As vendas em supermercados cresceram 132% nos últimos 2 anos, aproximadamente”, disse Melanie Whatmore ao Seafood Brasil.


 

Brasil, campanha, Chile, consumo, exportação, importação, salmão, Salmón de Chile, terceiro mercado

 
BaresSP publicidade 980x90 bares
 

Notícias do Pescado

 

 

 
SeafoodBrasil 2019(c) todos os direitos reservados. Desenvolvido por BR3