Seafood Summit vai focar nas soluções para Brasil virar potência no pescado mundial

Seafood Summit vai focar nas soluções para Brasil virar potência no pescado mundial

Evento seleto em Brasília vai reunir 16 especialistas de 12 países para discutir como transformar Brasil em uma potência mundial do pescado

20 de julho de 2018

arroba publicidade
"Caracterizado por uma vasta costa litorânea, por suas grandes quantidades de águas interiores, e por seu elevado know-how no agronegócio, o Brasil se vê diante da realidade de ser um inexpressivo ator no comércio mundial da proteína de pescado".

Assim começa o enfático texto de abertura criado pela Associação Brasileira das Indústrias de Pescado (Abipesca) para promover o The Seafood Summit Brazil, um seminário em formato de talk-show que atrairá 16 especialistas de 12 países para um dia intenso de discussões em Brasília (DF).

Apenas 100 participantes serão selecionados para participar do evento, que começa oficialmente em um jantar de abertura na noite de 29 de agosto. A programação começará às 8h do dia 30, que terá quatro painéis de discussão. "Esperamos (...) um público capaz de modificar comportamentos, investimentos, leis, normas e regras que podem transformar em pouco tempo o Brasil em uma potência no comércio de pescados e um país de grande consumo interno", diz a entidade.

Para Thiago De Luca, um dos diretores da Abipesca, o evento é uma oportunidade inédita ao segmento. "É a primeira vez que um evento deste porte e com esta programação acontece no Brasil. O summit tará experiências do exterior que levaram outros países ao topo da produção e comércio mundial do pescado para aprendermos com eles."

Segundo ele, o objetivo é oferecer aos participantes uma experiência de interação e troca de conhecimentos entre especialistas estrangeiros e atores nacionais. A intenção não é abrir ao público em geral: a Abipesca fará a seleção dos participantes de forma a ter representatividade de todos os elos da cadeia produtiva.

As apresentações serão oferecidas em formato de talk-show em quatro painéis: matéria-prima, processamento, comercialização e sustentabilidade. Em cada um dos painéis, quatro oradores terão o tempo individual de 20 minutos para apresentar as experiências relativas ao tema. Um mediador vai conduzir a interação entre ouvintes e oradores, encaminhando perguntas da plateia.

Veja os temas de cada painel:

PAINEL 1 (Matéria-prima)
Captura e cultivo alinhados à demanda global
DRISS MESKI
Ex-Secretário Executivo da International Commission for the Conservation of Atlantic Tunas (ICCAT)
?
ALICIA GALLARDO
Diretora Nacional do SERNAPESCA / Chile
?
RUI LUDOVINO
Chefe do Setor de Instrumentos de Políticas Internacionais da Delegação da União Europeia no Brasil
?
DAYVSON SOUZA
Secretário Especial de Aquicultura e Pesca da Presidência da República - Brasil

PAINEL 2 (Processamento)
Ambiente regulatório alinhado ao fortalecimento industrial.

LUIS EDUARDO PACIFICI RANGEL
Secretário da Defesa Agropecuária / Brasil
?
JOSÉ ANTONIO GÓMEZ DÍAZ
Diretor de Qualidade e Segurança Alimentar da Mascato S.A. / Espanha
?
JIANFRANCO NATTERO
Diretor da Marine Harvest. / Noruega
?
CARLOS RODRIGUEZ
Diretor da Centauro S.A. / Argentina

PAINEL 3 (Consumo)
Cultura, demanda e necessidade alimentar

CAROLINA ARAÚJO
Diretora Geral da Nielsen / Brasil

PAINEL 4 (Sustentabilidade)
Administrando estoques pesqueiros

PIM VISSER
Presidente da European Association of Fish Producers Organisations (EAPO)
?
NUNO LOURENÇO
Delegado do International Council for the Exploration of the Sea (ICES)
?
Prof. LAURO MADUREIRA, Ph.D.
Universidade Federal do Rio Grande do Sul
?
UGO VERCILLO
Diretor do Departamento de Conservação e Manejo de Espécies do Ministério do Meio Ambiente - Brasil

Veja mais detalhes sobre o evento aqui.

Abipesca, aquicultura, pesca, pescado, seafood summit, sustentabilidade, União Européia

 
BaresSP publicidade 980x90 bares
 

Notícias do Pescado

 

 

 
SeafoodBrasil 2019(c) todos os direitos reservados. Desenvolvido por BR3