Polícia Federal investiga fraude envolvendo peixe chinês em Santa Catarina

Polícia Federal investiga fraude envolvendo peixe chinês em Santa Catarina

11 de abril de 2014

arroba publicidade

Crédito da imagem: Ben Sutherland


A Polícia Federal (PF) começou ontem a Operação Poseidon nas cidades catarinenses de Itajaí, Itapema e Navegantes para investigar irregularidades de empresas de pescado na região relacionadas à importação de peixe chinês.


A operação, realizada com apoio do Ministério da Agricultura, recolheu produtos das empresas Vitalmar, JMS Indústria e Comércio de Pescados S.A., Costa Sul Pescados S.A., Pescados Quatro Mares Ltda., Indústria e Comércio de Pescados Dona Rose Ltda., Leardini Pescados Ltda. e M.S. Luzitania. A acusação que recai sobre todas as empresas é de embalar peixes de baixo valor como se fossem espécies nobres e, portanto, cujos preços de mercado são mais altos.


A PF vai recolher material dessas empresas para realizar análise de DNA, o procedimento será feito em laboratório do Distrito Federal. 


Segundo o Ministério da Agricultura, a fraude avançou no país desde que houve aumento nas importações de peixe da China e do Vietnã.


“Na maioria das vezes, a motivação da fraude é de ordem econômica, ou seja, o estabelecimento que processa o pescado rotula seus produtos com a falsa denominação de espécies nobres, como o linguado, o congrio e o bacalhau, mas acaba embalando peixes de espécies de valor comercial muito inferior e às vezes de procedência duvidosa”, afirma o chefe da Divisão de Inspeção de Pescado do Mapa, Sidney Liberati, em comunicado. 


 

China, Itajaí, Navegantes, Operação posseidon, peixe, PF, Polícia, Polícia Federal, santa catarina, SC, Vietnã

 
BaresSP publicidade 980x90 bares
 

Notícias do Pescado

 

 

 
SeafoodBrasil 2019(c) todos os direitos reservados. Desenvolvido por BR3