Primeira certificação MSC no Chile vai para o mexilhão

Primeira certificação MSC no Chile vai para o mexilhão

22 de novembro de 2013

arroba publicidade

Crédito da imagem: oatsy40


A pesca de mexilhão chileno ( Mytilus chilensis ) e o sistema de aquicultura em suspensão foi certificada sob o padrão da Marine Stewardship Council (MSC) , após avaliação independente por IMOswiss AG (IMO) , ex- Marketecology Institute. A MSC disse que a pesca de mexilhão chileno é baseado na coleta de sementes selvagens, que é nativa da área em questão, segundo informou o Portal Indústria Pesqueira. 


As empresas já estão se beneficiando da certificação de sustentabilidade dada pela MSC. A Espanha é o maior mercado de commodities na safra desse ano, seguido pelo resto da Europa e Estados Unidos. Os mexilhões são extraídos principalmente entre outubro e julho.tabela_mexilhao

Como já informou o Seafood Brasil, a importação de mexilhão chileno para o Brasil está crescendo. De acordo com dados do Instituto de Fomento Pesquero do Chile (IFOP), só no primeiro semestre de 2013, o volume de importações de mexilhão cresceu 61,4%, em comparação com os primeiros seis meses de 2012.

No ano passado, 229,5 toneladas foram vendidas ao Brasil. Já em 2013, este número subiu para 369,6 toneladas.  

A MSC é uma entidade que confere selos de pesca sustentável e analisa a aquicultura. E a instituição segue inovando em suas ações, a organização começou a alterar sua cartilha de sustentabilidade e lançou um app para Android e iOS, como já da divulgado pelo Seafood Brasil. 

msc

app, certificado, Chile, internacional, mexilhão, msc

 
BaresSP publicidade 980x90 bares
 

Notícias do Pescado

 

 

 
SeafoodBrasil 2019(c) todos os direitos reservados. Desenvolvido por BR3