IP inaugura frigorífico de pescado com SISP para atender demandas do setor produtivo

IP inaugura frigorífico de pescado com SISP para atender demandas do setor produtivo

21 de dezembro de 2018

arroba publicidade
O Instituto de Pesca (IP-APTA) da Secretaria de Agricultura e Abastecimento do Estado de São Paulo, inaugurou nesta terça-feira (18/12) em Santos, a Unidade de Beneficiamento de Pescado do Centro Avançado de Pesquisa do Pescado Marinho, com foco na industrialização.

A nova unidade é fruto de adequação da estrutura ligada à Unidade Laboratorial de Referência em Tecnologia do Pescado (ULRTP) do IP, realizada pelo governo estadual. O objetivo é criar uma instalação para as demandas do setor produtivo, de forma a encontrar soluções, a partir de pesquisas, para o crescimento do consumo de produtos da pesca e da aquicultura.

O diretor técnico do IP, Luiz Ayroza, esclareceu que a alteração na estrutura da unidade foi importante para adquirir o registro junto ao Serviço de Inspeção de Produtos de Origem Animal do Estado de São Paulo (SISP), que permitirá a realização de testes de mercado com lotes produzidos experimentalmente no IP. “No início de 2019 já teremos a obtenção do SISP em 4 produtos: carne Mecanicamente Separada (CMS) da tilápia; CMS da corvina; CMS da pescada e CMS do salmão”, declarou.

Ayroza disse que o local proporcionará atendimento às demandas de pesquisas, assim como serviços e parcerias com o segmento produtivo. Entre os serviços estará o recebimento, manipulação, processamento e/ou desenvolvimento dos produtos de pescado. “Foi realizado somente em 2018 um investimento de aproximadamente R$ 450 mil, sendo 50% verba do Tesouro e 50% da Finep”, falou.

[caption id="attachment_10317" align="alignleft" width="543"] Dra. Cristiane Rodrigues Pinheiro Neiva explica as características da planta, já habilitada para CMS de quatro produtos[/caption]

A recém-inaugurada estrutura também servirá de referência para demonstrar os requisitos necessários à viabilização de uma planta de beneficiamento de pescado, assim como permitirá ações de capacitação e treinamento de profissionais ligados à indústria, extensionistas, agentes de fiscalização e inspeção etc. Ainda haverá um laboratório de análises físico-químicas, cozinha experimental e cabines para análises sensoriais, que irão analisar a qualidade, composição e aceitabilidade dos produtos desenvolvidos.

No discurso, o diretor fez questão de citar os atores da cadeia produtiva ligados ao projeto: “Para finalizar, gostaria de ressaltar que essa conquista só foi possível com o empenho do nosso Secretário da Agricultura e Abastecimento Dr. Francisco Jardim, do Coordenador da APTA Dr. Orlando de Melo e as parcerias como: CDA (EDA); Câmara Setorial do Pescado; Peixe SP; Peixe BR; Compesca; Abipesca; Codeagro e da Diretora da Unidade de Beneficiamento Dr.Erika Fabiane Furlan e sua equipe, Dras. Cristiane Rodrigues Pinheiro Neiva, Thaís Moron Machado e Rúbia Yuri Tomita, além do Diretor do Centro de Pesquisa do Pescado Marinho, Dr. Eduardo Gomes Sanches”.

A ocasião também serviu para o lançamento de mais um livro da série “Pescado é Saúde”, a obra contém informações sobre o aproveitamento integral do pescado e foi realizada em parceria com a Coordenadoria de Desenvolvimento dos Agronegócios (Codeagro).

Crédito das fotos: Leonardo Chagas/IPesca

Codeagro, como montar um frigorífico de pescado, IP, Luiz Ayroza, pescado é saúde, pescados, planta de beneficiamento de pescado, SISP, ULRTP

 
 

Notícias do Pescado

 

 

 
SeafoodBrasil 2019(c) todos os direitos reservados. Desenvolvido por BR3