>Mercado busca cada vez mais negócios sustentáveis; EUA vai premiar projetos

Mercado busca cada vez mais negócios sustentáveis; EUA vai premiar projetos

Autor - 06 de novembro de 2013

Crédito da imagem: Steve Slater


Empreendedores com ideias de negócio sustentáveis ??e eficientes vão competir na próxima semana durante as finais do “Fish 2.0” na Universidade de Stanford, relata a National Geographic. O objetivo do torneio é que conecta uma empresa de pesca sustentável e aquicultura com potenciais investidores do setor.Untitled-1


Os vencedores da final, que será realizada de 12 a 13 de novembro, irão dividir 75.000 dólares em prêmios - mas mais importante é a perspectiva de investimentos de capital de "investidores de impacto” para quem os 20 finalistas e semi -finalistas representam oportunidades.  

Muitos concorrentes do Fish 2,0 pretendem cortar desperdícios, reduzir as cadeias de abastecimento e aumentar a transparência, dando a varejistas e consumidores mais confiança quanto a frescura, qualidade, espécies e a sustentabilidade dos produtos que compram. Alguns são altamente locais, outros potencialmente globais.

Premiações como essa continuam a demonstrar a preocupação crescente com a sustentabilidade, principalmente no mundo dos pescados. No Brasil, várias iniciativas andam gerando resultado, por exemplo, a OBG Peixe Vivo foi citada no Relatório de Sustentabilidade e Responsabilidade Corporativa da empresa ArcelorMittal Aços Longos, como uma das parceiras para o sucesso do projeto de recuperação da mata ciliar e de nascentes da bacia do rio Taquaraçu, em Minas Gerais, o que ajuda a  pesca local. 


Já o Acre também está se tornando referência no investimento em sustentabilidade, pois o Complexo de Piscicultura do Acre que será inaugurado em breve oferece impacto praticamente zero ao meio ambiente. As três indústrias que compõem o complexo são: Centro de Produção de Alevinos, fábrica de ração e frigorífico, que irão trabalhar de forma integrada, onde insumos produzidos por uma serão usados pela outra. 

Até redes de supermercado vem demonstrando preocupação com o tema, caso do WalMart, que lançou recentemente, como divulgado pelo Seafood Brasil, um projeto de proteção da vida marinha, para avaliar programas de “frutos do mar sustentáveis”.

[youtube height="HEIGHT" width="WIDTH"]http://www.youtube.com/watch?v=i2telDWdE2Y" frameborder="0" allow="accelerometer; autoplay; encrypted-media; gyroscope; picture-in-picture" allowfullscreen>

2.0, Acre, competição, empresas, Fish, negócios, Peixe Vivo, Stanford, startup, sustentabilidade, walmart

 
 

Notícias do Pescado

 

 

 
SeafoodBrasil 2019(c) todos os direitos reservados. Desenvolvido por BR3