Radicalismo de Trump alimenta campanha nacional em defesa do pescado nos EUA

Radicalismo de Trump alimenta campanha nacional em defesa do pescado nos EUA

Cadeia produtiva diz que medida para defender a competitividade dos produtores surte o efeito contrário

14 de setembro de 2018

arroba publicidade
O National Fisheries Institute (NFI), órgão privado mantido pelas empresas do pescado nos Estados Unidos, deflagrou recentemente a campanha Seafood, See Jobs, para reverter as medidas protecionistas adotadas pelo presidente Donald Trump, que prejudicam as importações de pescado ao país.

A entidade converteu seu site (www.aboutseafood.com), um portal que tradicionalmente fomenta o consumo de pescado, em uma espécie de manifesto pela defesa dos empregos e negócios gerados pelas importações. Em uma tentativa de proteger os produtores nacionais, o governo Trump decidiu sobretaxar desde insumos à produção a produtos acabados.

Esta reportagem publicada no Wall Street Journal (em inglês) mostra como diversos setores, inclusive o representado pela NFI, resolveram se unir para rechaçar as propostas do presidente Trump. A Associação dos Comerciantes de Lagosta do Maine indica que as tarifas irão prejudicá-los por conta de impostos recíprocos impostos nas lagostas americanas que não são aplicadas às canadenses, capturadas na mesma região do Atlântico.

A NFI irá organizar uma missão neste mês a Washington com membros do Congresso e a administração Trump com indústrias e importadores de Estados como Texas e Minnesota, no centro do País. "Este pessoal quer vender lagostas, não querem perder tempo com lobby no Congresso", disse ao jornal a diretora-executiva da associação do Maine, Annie Tselikis.

Veja aqui um dos vídeos da campanha (em inglês), sobre a responsável por uma planta que importa pescado de diversas origens:

https://www.youtube.com/watch?v=bVZyS7BsZJ0

governo Trump, guerra tarifária, impostos, National Fisheries Institute, NFI

 
 

Notícias do Pescado

 

 

 
SeafoodBrasil 2019(c) todos os direitos reservados. Desenvolvido por BR3