Pesquisa aponta vegetais marinhos entre as tendências gastronômicas 2019 nos EUA

Pesquisa aponta vegetais marinhos entre as tendências gastronômicas 2019 nos EUA

04 de fevereiro de 2019

arroba publicidade
A culinária de origem vegetal, desperdício zero e pratos de inspiração global estão entre as principais tendências para 2019, juntamente com o CBD (alimentos e bebidas com infusão de cannabis). Estes são alguns dos itens apontados pelos chefs da American Culinary Federation para a pesquisa What's Hot da National Restaurant Association dos EUA.

Os resultados indicam que vegetais e alimentos com base de vegetais não são mais apenas foco do público vegetariano, outros públicos também estão optando cada vez mais por este tipo de comida. Na pesquisa, três dos 15 itens mais quentes são salsichas e hambúrgueres à base de vegetais, culinária vegetariana e proteínas vegetais.

Segundo Rosa Moraes, diretora de Gastronomia da Laureate Brasil, rede da qual fazem parte a Universidade Anhembi Morumbi e o Centro Universitário FMU/FIAM-FAAM, os vegetais marinhos, como o kelp (alga), o arroz “proibido” da cor púrpura, cheio de antioxidantes, proteínas e fibras estão entre os ingredientes em alta para este ano. 

Para a diretora, além do seu cultivo sustentável, os ingredientes apontados oferecem sabores e possibilidades gastronômicas populares da culinária asiática e nórdica. “Estou certa, têm tudo para fazer sucesso em terras brasileiras”, comentou.

De acordo com os resultados do estudo, 77% dos chefs apontaram as bebidas com infusão de cannabis (CBD) ou canabidiol como a primeira tendência. Quase 76% dos chefs indicaram que a comida CBD como a segunda mais popular. E 70% classificaram o desperdício zero de cozimento como a terceira tendência da lista.

O vice-presidente sênior de pesquisa da National Restaurant Association, Hudson Riehle, comentou que os americanos estão buscando cada vez mais por alimentos ecologicamente sustentáveis."Estamos vendo uma perspectiva mais ecológica e maior ênfase nos sabores e cozinhas globais, bem como a maior disponibilidade de itens saudáveis, refeições infantis e a exploração de novas opções de fornecimento de alimentos."

A pesquisa é anual e contempla 140 itens - desde o café da manhã durante todo o dia até a culinária sem desperdício - 30% a 40% dos alimentos produzidos nos EUA acabam na lixeira, segundo o USDA. Depois eles identificam o que será tendência de alimentos e bebidas para o ano seguinte.

Confira as principais tendências para 2019 da pesquisa What's Hot:

1. Bebidas à base de óleo de cannabis / CBD.

2. Alimentos com infusão de óleo de cannabis / CBD.

3. Cozimento Zero-desperdício.

4. Pratos de café da manhã de inspiração global.

5. Sabores globais nas refeições infantis.

6. Hiperlocal

7. Novos cortes de carne.

8. Cozinha vegetariana.

9. Conceitos rápidos e casuais orientados pelo chef.

10. Bebidas destiladas artesanais e locais.

 

 

algas, American Culinary Federation, CBD, Hudson Riehle, Laureate Brasil, National Restaurant Association, Rosa Moraes, vegetais marinhos

 
BaresSP publicidade 980x90 bares
 

Notícias do Pescado

 

 

 
SeafoodBrasil 2019(c) todos os direitos reservados. Desenvolvido por BR3