Faturamento da Copacol saltou 30% em 2020
Indústria

Faturamento da Copacol saltou 30% em 2020

Balanço oficial foi apresentado e aprovado durante a Assembleia Geral Ordinária

04 de fevereiro de 2021

arroba publicidade
O faturamento da Copacol (Cooperativa Agroindustrial Consolata) chegou a R$ 5.693 bilhões em 2020, crescimento de praticamente 30% em comparação a 2019. O balanço oficial foi apresentado e aprovado durante a Assembleia Geral Ordinária realizada na sexta-feira, 29, com cooperados inscritos na plataforma virtual Zoom, por onde tiveram direito a participar das votações. Assista aqui a apresentação na íntegra.
 
A assembleia foi conduzida pelo diretor presidente, Valter Pitol, que comentou sobre os investimentos realizados na área da piscicultura. Pitol frisou os R$ 62 milhões investidos na aquisição da Unidade Industrial de Peixes que pertencia à Pisces, em Toledo (PR).
 
Este e outros aportes possibilitarão à empresa abater 80 mil tilápias/dia até 2023 e geração de 500 empregos locais. Como destaca o Tribuna da Região, a piscicultura teve um ano privilegiado, com a conquista de novos mercados.
 
Foram 930 toneladas em peixes e derivados vendidos ao mercado externo: 42,5 milhões de tilápias abatidas, com total de 13.991 toneladas de carne produzidas.
 
Em 2020, apesar das dificuldades enfrentadas em função da pandemia, a Copacol ampliou as vagas no mercado de trabalho. Atualmente são 11,2 mil colaboradores diretamente ligados a Cooperativa. O quadro social também aumentou e agora são 6,2 mil cooperados.
 
O total de impostos pagos passou de R$ 180 milhões para R$ 227 milhões. Outro marco importante para a Cooperativa foi o pagamento recorde em sobras: R$ 120,3 milhões: 50% repassados antecipadamente em dezembro. Do montante, R$ 30 milhões foram destinados para reservas na avicultura, piscicultura e suinocultura.
 

avicultura, cooperativas, Copacol, piscicultura, suinocultura., tilápia, Valter Pitol

 
BaresSP publicidade 980x90 bares
 

Notícias do Pescado

 

 

 
SeafoodBrasil 2019(c) todos os direitos reservados. Desenvolvido por BR3