Noruega bate recorde de exportações de frutos do mar em 2021
Indústria

Noruega bate recorde de exportações de frutos do mar em 2021

Noruega exportou 3,1 milhões de toneladas de frutos do mar no valor de NOK 120,8 bilhões no ano passado

11 de janeiro de 2022

arroba publicidade
Os últimos 12 meses foram o melhor ano de todos os tempos para as exportações norueguesas de frutos do mar. Conforme o Norway Seafood Council, a Noruega exportou 3,1 milhões de toneladas de frutos do mar no valor de NOK 120,8 bilhões em 2021. Isso estabelece um recorde em volume e valor e representa o equivalente a 42 milhões de refeições de frutos do mar todos os dias do ano.
 
"2021 foi outro ano empolgante de exportação para frutos do mar noruegueses. Estamos em uma posição muito favorável de ter produtos com alta demanda em todo o mundo - mesmo em tempos de crise. Isso resultou em um crescimento na demanda, volumes recordes de exportação e uma exportação total de valor que a Noruega nunca experimentou antes. Isso é impressionante e mostra que o marisco norueguês é uma das principais indústrias da Noruega para o futuro”, diz Renate Larsen, CEO do Conselho Norueguês de Frutos do Mar.
 
Recordes quebrados em 2021
 
As exportações de frutos do mar em 2021 bateram muitos recordes. Veja alguns deles:
 
1) Pela primeira vez, o volume total exportado ultrapassou 3 milhões de toneladas.
2) O aumento no valor foi de até 15,1 bilhões de coroas norueguesas, ou 14,3%, em comparação com 2020.
3) O recorde anterior em valor de exportação de 2019 de NOK 107,2 bilhões foi quebrado em NOK 13,6 bilhões, ou 12,7%.
4) Em dezembro, frutos do mar no valor de NOK 12 bilhões foram exportados. Este é um novo recorde para o mês.
5) Recordes de exportação também foram registrados para, entre outros, salmão, caranguejo-real, caranguejo-das-neves e cavala.
 
Resultados fantásticos
 
”Apesar de um ano desafiador, a indústria de frutos do mar apresentou resultados fantásticos. O governo tem ambições muito altas para a indústria de frutos do mar. Juntamente com todos os profissionais qualificados da indústria do marisco, continuaremos a trabalhar para um maior crescimento na exportação de alimentos amigos do clima, mais atividade ao longo da costa e o estabelecimento de novos recordes impressionantes”, disse o ministro das Pescas e Marinha da Noruega, Bjørnar Skjæran.
 
Estruturas operacionais estáveis ​​e bom acesso ao mercado
 
Apesar de em 2021 ter sido inegavelmente um ano recorde em muitas frentes, a CEO, enfatiza que toda a cadeia de valor conseguiu, em graus variados, participar desta notável exportação norueguesa.
 
“Devemos ter cuidado ao interpretar ‘crescimento das exportações’ como ‘aumento da lucratividade’ para todos. Desafios com acesso ao mercado e aumento de custos relacionados a operações, compras e distribuição levaram a margens mais baixas em partes da indústria no ano passado. Para poder desenvolver, investir e continuar a ser uma nação líder em frutos do mar, a indústria precisa de estruturas operacionais estáveis ​​e bom acesso ao mercado”, falou Renate Larsen.
 
Larsen lembra que a pandemia também impactou as exportações em 2021 e causou mudanças em tudo, desde padrões comerciais até transporte e fluxo de mercadorias. “O fato de ainda haver registros de exportação em volume e valor deve ser creditado a toda a indústria norueguesa de frutos do mar. Todos os dias a indústria oferece produtos que estão alinhados com os tempos em que vivemos”, disse. 
 
Em 2021, Larsen reforça que os frutos do mar noruegueses experimentaram um aumento significativo na demanda, que vemos na forma de maiores volumes de exportação e preços mais altos em moeda local para várias espécies e produtos. Por outro lado, a coroa norueguesa se fortaleceu em 2021 em comparação com 2020. “Se não fosse por esse fortalecimento da moeda, o valor das exportações poderia ter sido mais de NOK 6 bilhões a mais”, destaca.
 
Créditos: Norway Seafood Council
 

bacalahu, Bjørnar Skjæran, exportações, frutos do mar, Noruega, Norway Seafood Council, pescado, Renate Larsen

 
BaresSP publicidade 980x90 bares
 

Notícias do Pescado

 

 

 
SeafoodBrasil 2019(c) todos os direitos reservados. Desenvolvido por BR3