Pré-Semana do Pescado: evento reúne fornecedores e varejistas na Fiesp
Varejo

Pré-Semana do Pescado: evento reúne fornecedores e varejistas na Fiesp

Programação do encontro foi focada em estudos concretos e experiências tangíveis de campanhas de sucessos realizadas em outras cadeias

27 de julho de 2022

A manhã da quarta-feira (26) foi marcada por um intercâmbio de experiências nacionais e internacionais que reuniu fornecedores e varejistas de pescado na sede da Federação das Indústrias de São Paulo (Fiesp), em São Paulo (SP). O encontro fez parte dos preparativos para a Semana do Pescado 2022, que neste ano acontecerá de 1º a 15 de setembro.
 
Toda a programação da manhã foi focada em estudos concretos e experiências tangíveis de campanhas de sucessos realizadas em outras cadeias de produção. A ideia era fortalecer a campanha Semana do Pescado 2022 e estimular redes de relacionamento dentro da cadeia produtiva nacional.
 
Na abertura do evento, Roberto Kikuo Imai, diretor titular adjunto do Departamento do Agronegócio da Fiesp (Deagro), comentou sobre o diferencial da cadeia produtiva do pescado e toda a sua diversificação no Brasil, o que conforme ele não é sequencial, e sim uma matriz formada por inter-relações. “O varejo é o que une toda a nossa cadeia produtiva”, diz.
 
Sobre a Semana do Pescado, ele lembrou que foi criada a partir do extinto Ministério da Pesca e da Aquicultura (MPA), foi se atualizando e deixando de ser apenas uma ação governamental, sendo levada ano a ano a novos patamares. “O setor privado começou a enxergar que era muito importante a manutenção, por mais que tivéssemos a extinção do MPA”, fala.
 
Imai destacou ainda a importância da participação do governo e a presença no evento de Jairo Gund, Secretário de Aquicultura e Pesca do Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (SAP/Mapa). “É muito importante o governo dialogar conosco a nível de realmente começar a considerar a comercialização como o elo final e essencial para que o peixe chegue de forma sadia, barata, mais consistente e com isso, obviamente, aumentar o nosso consumo de pescado", diz.
 
“Prazer estar com todos os senhores aqui, pessoas que fazem a roda girar e fazem essa cadeia de valor avançar”, frisou Gund. “Nós, enquanto Secretaria de Aquicultura e Pesca, nos colocamos à disposição, sempre voltados para o desenvolvimento da cadeia", fala.
 
Gund comentou sobre sua atuação em outras cadeias de produção e lembrou que nos últimos 10 anos se dedicou ao pescado. “Pude conhecer as dores que vocês sentem. Vivi o que vocês vivem e, às vezes, sinto saudades”, disse, destacando também a importância das cadeias atuarem em conjunto. “O mais importante é a gente conseguir fortalecer com que essa cadeia no Brasil se posicione no mercado interno, assim como temos outros países posicionados no consumo de pescado”, pontua.
 
Sobre a capacidade de produção de pescado no Brasil, Gund frisou que outros países líderes em produção estão chegando ao limite e isso faz com o País seja “a bola da vez”. “Fortalecendo o pescado e dando continuidade ao que foi começado lá atrás, uma excelente iniciativa que o setor abraçou e deve ser fortalecida ano a ano para que a gente possa criar experiências positivas de consumo”, completa o secretário da SAP.
 
Por fim, Márcio Milan, vice-presidente da Associação Brasileira de Supermercados (Abras), pontuou que a cadeia precisa estar mais unida. “Vejo que essa discussão de hoje é mais um passo da gente aprimorar a cadeia como um todo”, diz.
 
Painéis
 
A programação do evento seguiu com painel “Cases de impacto”. Mediado por Meg Felippe, diretora comercial do Carrefour e diretora do Deagro, este painel contou com a participação de Lívia Machado, diretora de Marketing e Projetos da Associação Brasileira de Suínos (ABCS) ; Valeska Oliveira Ciré, country manager da Internacional Fresh Produce Association e head da Bio Brazil/Natural Tech e Seafood Show Latin America; e Ana Paula Queiroga, membro do Advisory Group- Next Ocean Project, da Universidade Nova de Lisboa.
 
Na sequência, com mediação de Ricardo Torres, editor-chefe da Seafood Brasil, sócio da Seafood Show Latin America e diretor do Deagro, o painel “Demandas do Varejo” teve a presença de Daniel Milagres, diretor de Marketing do Carrefour Brasil; e Luiz Roberto Baruzzi, diretor da Rede São Paulo de Supermercados.
 
Seafood Show Latin America
 
Após o evento, todos os convidados participaram de um almoço oferecido pela Seafood Show Latin America (SSLA), no Hotel Tivoli. Na ocasião, eles foram apresentados aos parceiros, expositores e a programação do evento.
 
Com organização conjunta da Francal Feiras e da Seafood Brasil, a Seafood Show Latin America acontecerá entre 17 e 19 de outubro de 2022, no centro de eventos ProMagno, em São Paulo (SP). O evento já está aberto para credenciamento de visitantes. Saiba mais informações clicando aqui.
 
A Feira é extremamente focada aos expositores de pescado em todas as suas vertentes, maquinário de apoio para o processamento e embalagem, serviços logísticos e de manutenção da cadeia do frio, na tradição das melhores feiras do gênero no exterior.
 

 

consumo de pescado, Fiesp, Mapa, MPA, peixes, pescado, SAP, Seafood Show Latin America (SSLA), Semana do Pescado

 
BaresSP publicidade 980x90 bares
 

Notícias do Pescado

 

 

 
SeafoodBrasil 2019(c) todos os direitos reservados. Desenvolvido por BR3