Prefeitos de MS querem criação de tilápias no bioma pantaneiro
Aquicultura

Prefeitos de MS querem criação de tilápias no bioma pantaneiro

Necessidade de autorização se dá porque a criação de qualquer espécie que não seja nativa é proibida no Pantanal

22 de setembro de 2021

Um grupo de quatro prefeitos de cidades do Mato Grosso do Sul pediram autorização ambiental para a criação de tilápias. O encontro foi com o secretário de Meio Ambiente do Estado, Jaime Verruck, e o presidente da Assembleia Legislativa, deputado Paulo Corrêa. 
 
Os prefeitos propuseram ao governo do Estado a criação de tilápias no bioma pantaneiro. No entanto, a espécie, que é nativa da África, pode colocar em risco a sobrevivência e o equilíbrio das demais espécies. 
 
Os gestores Edilson Magro, de Coxim; Enelto Ramos, de Sonora; Willian Fontoura, de Pedro Gomes e Dalmy Crisóstomo, de Alcinópolies, foram a Campo Grande para fazer o pedido.
 
Conforme o Top Mídia News, a necessidade de autorização se dá porque a criação de qualquer espécie que não seja nativa é proibida no Pantanal, bioma que faz parte da Bacia do Alto Paraguai. Uma portaria do Ibama e a Lei 1.653, que trata sobre a piscicultura no Estado, deixam claro os riscos da medida. 
 
Já a justificativa dos prefeitos é que a criação da espécie exótica iria alavancar a economia do micro e pequeno empreendedor da região, sobretudo os piscicultores. Eles apontaram que a tilápia é de fácil criação, resistente a doenças, tem boa capacidade reprodutiva e fáceis de serem alimentados. 
 
 
Créditos: Flickr

aquicultura, Bacia do Alto Paraguai, Pantanal, peixes, pescado, tilápia

 
BaresSP publicidade 980x90 bares
 

Notícias do Pescado

 

 

 
SeafoodBrasil 2019(c) todos os direitos reservados. Desenvolvido por BR3