Relatório apresenta tendências sobre o consumo de frutos do mar
Varejo

Relatório apresenta tendências sobre o consumo de frutos do mar

Estudo do Conselho Norueguês da Pesca também traz indicações de como é preciso atuar para estimular o aumento do consumo desses alimentos

14 de maio de 2021

arroba publicidade
Com base no que os consumidores esperam hoje da indústria de frutos do mar quando se trata de produção, entrega e desenvolvimento de produtos, o Conselho Norueguês da Pesca anunciou o relatório "Tendências sobre os frutos do mar". O estudo também traz indicações de como é preciso atuar para estimular o aumento do consumo desses alimentos.
 
"Queremos dar visibilidade para as tendências que acreditamos serem importantes para a indústria de frutos do mar nos próximos anos", falou Tom-Jørgen Gangsø, diretor do Departamento de Insights de Mercado e Acesso ao Mercado do Conselho Norueguês da Pesca.
 
O relatório é composto por cinco tendências de consumo mais importantes quando se trata desses alimentos. São elas:
 
- Novos canais de vendas - mais pessoas estão comprando frutos do mar online. Essa é uma mudança que está acontecendo com grande rapidez.
- Sustentabilidade - mais consumidores estão fazendo escolhas com base em considerações ambientais, e exigindo mudanças na indústria.
- Conveniência - encontrar seus produtos e a compra deve ser algo simples e acessível. As pessoas querem economia de tempo.
- Transparência - os consumidores querem mais informações sobre como seus alimentos são produzidos - saber a origem e o processo.
- Saúde e bem-estar - existe um foco maior no consumo de produtos saudáveis.
 
Gangsø explica que o estudo explora todas as cinco tendências em detalhes, pois, conforme ele, elas fornecem a referência para a indústria de frutos do mar hoje e nos anos seguintes. 
 
“A base dos dados está em uma série de grandes estudos de tendências, bem como insights de nossas próprias pesquisas, realizadas anualmente em alguns dos mercados globais de consumo mais importantes", falou.
 
Conforme o Conselho Norueguês da Pesca, as informações do estudo podem ser usadas para analisar mais as principais tendências macro que afetam a indústria de frutos do mar e as tendências de desenvolvimento que os analistas veem internacionalmente.
 
Entre as tendências mencionadas no relatório está a compra online, que teve substancial crescimento durante a pandemia. "As compras online estão se tornando muito importantes para a indústria de frutos do mar, à medida que consumidores estão comprando peixes e mariscos nesses canais”, destaca ele. 
 
“No relatório, analisamos o estimula o consumidor a fazer essa compra online, o que esperam da experiência com esse modelo de compras, quais soluções estão disponíveis e o que está se espera para o futuro, e como a indústria de frutos do mar pode aproveitar ao máximo esse novo canal de vendas", projeta Gangsø. Para ele, novos canais de vendas representam oportunidade para a conquista de novos consumidores.
 
O relatório completo está disponível aqui.
 

Conselho Norueguês da Pesca, consumo de pescado, frutos do mar, pandemia, pescado, Tom-Jørgen Gangsø

 
BaresSP publicidade 980x90 bares
 

Notícias do Pescado

 

 

 
SeafoodBrasil 2019(c) todos os direitos reservados. Desenvolvido por BR3