Varejo paulista deve criar 40 mil postos de trabalho
Varejo

Varejo paulista deve criar 40 mil postos de trabalho

Estimativa da FecomercioSP é para o último trimestre do ano

28 de dezembro de 2021

Apesar da inflação e do endividamento, que podem atingir o ritmo de recuperação de vendas e, consequentemente, dos investimentos em mão de obra formal, o varejo paulista deve criar 40 mil postos de trabalho no último trimestre do ano, de acordo com estimativa da Federação do Comércio de Bens, Serviços e Turismo do Estado de São Paulo (FecomercioSP)
 
Segundo dados da Pesquisa do Emprego (PESP), realizada pela Entidade, no mês de outubro, o varejo foi responsável por 13.952 novas vagas. Se a perspectiva de crescimento para o trimestre se confirmar, o resultado ficará próximo ao de 2019, quando houve criação de 41 mil empregos nos últimos três meses do ano.
 
Até o fim de outubro, no acumulado do ano, o comércio registrava criação de 119.344 empregos. O varejo contava com saldo de 70.723 vagas, enquanto o atacado, de 34.691 postos de trabalho. As informações são do Investimentos e Notícias. 
 

 
BaresSP publicidade 980x90 bares
 

Notícias do Pescado

 

 

 
SeafoodBrasil 2019(c) todos os direitos reservados. Desenvolvido por BR3