Piscicultura em águas da União soma 71.512 t em 2020
Aquicultura

Piscicultura em águas da União soma 71.512 t em 2020

Dados são do Boletim Aquicultura em Águas da União 2020

28 de janeiro de 2022

A piscicultura em águas da União vem se expandindo no País, tendo sido registrado, no último ano, aumento de 16% na produção declarada, passando de 61.371 toneladas em 2019, para 71.512 toneladas em 2020. Os dados são do Boletim Aquicultura em Águas da União 2020 da Secretaria de Aquicultura e Pesca (SAP). A publicação apresenta as principais informações do Relatório Anual de Produção (RAP). .
 
No ano também foram assinados 114 contratos de cessão para produção em águas da União, um aumento considerável face aos anos anteriores, quando foram assinados 80 contratos em 2018 e 46 contratos em 2019.
 
Conforme a SAP, o salto só foi possível devido a avanços como a inexigibilidade de licitação, a implantação de sistema digital on-line para requerimento de áreas, a transferência da gestão da capacidade de suporte de reservatórios de hidrelétricas da ANA para a SAP/MAPA e a publicação do novo Decreto nº 10.576/2020, que regulamentou a cessão de uso de espaços físicos em corpos d’água de domínio da União para a prática da aquicultura.
 
Quase a totalidade da produção é oriunda de reservatórios de hidrelétricas nas bacias do Tocantins-Araguaia, Paraná e do São Francisco, havendo também algumas cessões para produção de peixes em açudes públicos, rios federais e também no mar territorial.
 
Em 2020, o percentual de envio de RAP aumentou 6 pontos percentuais, tendo sido recebidos e validados um total de 662 relatórios, dos 2.403 contratos ativos.
 
Produção: SAP
 
Segundo o documento, as principais espécies de interesse econômico cultivadas no País são: a tilápia (70.111 toneladas), o pacu (738 toneladas) , o tambaqui (296 toneladas), o tambacu (170 toneladas) e o piauçu (150 toneladas).
 
Além destas, outras espécies também vêm sendo cultivadas no Brasil, porém em quantidades menores, como é o aso do matrinxã, irapitinga, dourado e bijupirá. Juntas, essas espécies somaram 47 toneladas produzidas em Águas da União no ano passado.
 
Créditos: Seafood Brasil
 

Àguas da União, piscicultura, produção aquícola, RAP, SAP, tilápia

 
BaresSP publicidade 980x90 bares
 

Notícias do Pescado

 

 

 
SeafoodBrasil 2019(c) todos os direitos reservados. Desenvolvido por BR3