PPM 2020: Mais um ano com liderança da tilápia
Aquicultura

PPM 2020: Mais um ano com liderança da tilápia

Tambaqui segue na segunda colocação e o conjunto tambacu e tambatinga ficou na terceira posição do ranking

30 de setembro de 2021

Das 551,9 mil toneladas de peixes registradas no Brasil em 2020, a tilápia continuou liderando entre as espécies produzidas, com um aumento de 6,1% em relação ao ano anterior. Já o tambaqui segue na segunda colocação e o conjunto tambacu e tambatinga, aparece na terceira posição do ranking. Os dados são da Pesquisa da Pecuária Municipal (PPM) divulgada pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), nesta quarta-feira (29). 
 
Em 2020, a tilápia correspondeu a 62,3% do total de peixes produzidos ou 343,6 mil toneladas. A Região Sul se destaca na criação do peixe, respondendo por 48,2% do total da espécie produzida no País em 2020. Da produção de peixes da Região, 87,7% consistiram da tilápia.
 
A maior visibilidade na criação da espécie é do Paraná – responsável por 39,1% do total de tilápia produzido no Brasil, seguido por São Paulo, com 14,6% do total nacional e Minas Gerais, com 10,0%. Os quatro principais Municípios produtores de peixes no total foram também os maiores na produção de tilápia: Nova Aurora (Paraná),Morada Nova de Minas (Minas Gerais), Toledo (Paraná) e Palotina (Paraná).
 
Tambaqui 
 
Conforme o IBGE, a segunda espécie mais produzida no Brasil em 2020 (18,2% do total da piscicultura brasileira) seguiu sendo o tambaqui: foram 100,6 mil toneladas, provenientes, principalmente, da Região Norte (73,0% do total nacional). 
 
Rondônia lidera o ranking entre os Estados: responsável por 39,4% da produção brasileira de tambaqui. A Região também apresenta produções de destaque provenientes de Roraima (11,1% da produção nacional), Pará (8,4%) e Amazonas (6,2%). 
 
A Região Nordeste tem a segunda maior produção em nível regional (21,6% do total nacional). O Maranhão, que, com 11,5% da produção nacional, se manteve como segundo maior Estado produtor. Considerando somente os dois principais produtores, já se tem 51,2 mil toneladas, mais da metade da produção de tambaqui de todo o Brasil (50,9%)
 
Os principais Municípios produtores foram Ariquemes (Rondônia), Amajari (Roraima), Cujubim (Rondônia), Almas (Tocantins) e Paragominas (Pará).
 
Tambacu e Tambatinga
 
Já o conjunto tambacu e tambatinga, compõe a terceira categoria de peixe mais produzida no Brasil em 2020: foram 43,4 mil toneladas, 58,1% provenientes do Centro-Oeste e 26,6%, da Região Nordeste.
 
Mato Grosso e Maranhão foram os principais Estados produtores e os Municípios com as maiores produções foram Nossa Senhora do Livramento (Mato Grosso), Alto Paraguai (Mato Grosso) e Matinha (Maranhão).
 
 
Em 2019
 
O Brasil produziu 323,7 toneladas de tilápia em 2019, segundo dados do IBGE. O Paraná 120. 515 t liderou a lista dos cinco Estados que registraram maior produção da espécie no período. Já São Paulo estava também na segunda colocação com 45.568 t de tilápia.
 
Com 25.124 t de tilápia em 2019, Santa Catarina ficou na terceira posição do ranking naquele ano. Na sequência, apareceu Minas Gerais, com 34.039 t. Pernambuco fechava a lista com 19.802,2 t.
 
Outros destaques na produção da tilápia no Brasil em 2019 foram Mato Grosso totalizando 24.131 t no Estado. Na contramão, o Ceará reduzia a sua produção em 47% (5.845 t), em relação às 11.122 t de 2018. 
 
Créditos: Flickr

aquicultura, IBGE, piscicultura, PPM, produção de peixe, tambacu, tambaqui, tambatinga, tilápia

 
BaresSP publicidade 980x90 bares
 

Notícias do Pescado

 

 

 
SeafoodBrasil 2019(c) todos os direitos reservados. Desenvolvido por BR3