IPCA: Inflação chega a 0,67% em junho; pescado tem queda de 0,63%
Varejo

IPCA: Inflação chega a 0,67% em junho; pescado tem queda de 0,63%

Inflação em junho foi impulsionada por alta de alimentos

12 de julho de 2022

O Índice Nacional de Preços ao Consumidor Amplo (IPCA) divulgado nesta sexta-feira (8) pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), revelou que a inflação chegou a 0,67% em junho, após a variação de 0,47% registrada no mês anterior. Já os valores do pescado desaceleraram 0,63% na comparação com o mês anterior.
 
A deflação de junho foi vista na merluza (-0,92%), no peixe filhote (-2,69%) e no espada (-6,2%). Já a alta nos valores do pescado foi registrada principalmente nas espécies corvina (1,44%), cação (1,69%) e curimatã (2,26%).
 
Os valores do pescado seguem em queda neste segundo semestre de 2022. O IBGE já havia informado que a inflação do segmento tinha desacelerado 0,22% em maio. Com os últimos dados, a variação acumulada do setor ficou em 2,15%. Enquanto o indicador está em 5,41% na soma dos últimos 12 meses.
 
Inflação chega a 0,67% em junho, impulsionada por alta de alimentos
 
A alta de  0,67% em junho foi influenciada principalmente pelo aumento de 0,80% no grupo de alimentação e bebidas, que tem grande peso no índice geral (21,26%). No ano, a inflação acumulada é de 5,49% e, nos últimos 12 meses, de 11,89%.
 
“O resultado foi influenciado pelo aumento nos preços dos alimentos para consumo fora do domicílio (1,26%), com destaque para a refeição (0,95%) e o lanche (2,21%). Nos últimos meses, esses itens não acompanharam a alta de alimentos nos domicílios, como a cenoura e o tomate, e ficaram estáveis. Assim como outros serviços que tiveram a demanda reprimida na pandemia, há também uma retomada na busca pela refeição fora de casa. Isso é refletido nos preços”, explica o gerente da pesquisa, Pedro Kislanov. 
 
Créditos: Canva

IBGE, inflação, IPCA, Pedro Kislanov, pescado, tilápia, valores, varejo

 
BaresSP publicidade 980x90 bares
 

Notícias do Pescado

 

 

 
SeafoodBrasil 2019(c) todos os direitos reservados. Desenvolvido por BR3